quarta-feira, 15 de agosto de 2012

Tutorial- como fazer as speed lines (linhas de ação) no mangá.

Oi tomodachis! Hoje vou dar dicas de como fazer as speed lines nos quadrinhos de mangá. As speed lines são as linhas de ação que dão movimento as cenas e também destacam emoções. Com as técnicas de como fazer perfeitamente as linhas vc também poderá fazer balões , raios etc.
Eu fiz esse tudo porque uma vez me disseram que as linhas não precisavam serem perfeitas, mas discordo já  que a técnica ajuda a fazer as linhas perfeitamente. Não é difícil apesar de ser trabalhoso.

Observe alguns exemplos de linhas de ação:
As linhas podem variar de quantidade de traços e espessura como podem ver. Vamos à prática:

Material para treinar:
1- Folha sulfite comum.
2- Pena ou caneta nanquim recarregável ou descartável. ( para os iniciantes recomendo o uso das canetas, pois para usar a pena é preciso mais habilidade.)
3- Lápis preto HB.
4- Borracha branca.
5- Régua de 30 cm transparente.
6- Dois esquadros transparentes.
7- Régua francesa.
8- Tinta nanquim.
9- Pincel.
10-Compasso.
11- Errorex.
12- Taxinha.
13- durex.


Observe a figura abaixo:
Figura 01: Quando chegar no final do traço levante a pena/caneta como mostra o desenho. Desta forma a linha afina perfeitamente.
Figura 02: Observe o lado que a régua deve ser usada em relação ao papel, isso evita borrões de tinta.
Figura 03: Para que suas linhas fiquem retas observe como usar os esquadros.
Se usar a caneta não esqueça de deixá-la 90° em relação ao papel para o traço não ficar desigual.

Observe a próxima figura:
A terceira linha mostra como deve ficar seu traçado. As linhas não devem ficar falhando como na segunda linha e nem sem o final diminuindo como na primeira.

Agora que vc já sabe como traçar. Vamos em frente! Observe as figuras abaixo:

Figura 01: Faça um ponto no centro do quadrinho, ele é o ponto de fuga. Toda linha de ação deve partir de um ponto de fuga. 
Figura 02: Com o compasso faça um círculo indicando onde as linhas não vão ultrapassar.
Figura 03: Faça à lápis o rascunho das linhas.
Figura 04: Com a régua, trace as linhas usando a técnica explicada no começo do tutorial. Se estiver inseguro, faça à lápis e depois com a caneta ou pena.
Figura 05: Veja o resultado. ^^
Se alguma linha sair errada use o errorex. 

Agora vamos fazer as linhas horizontais: 

Figura 01 e 02: Elas podem ser bem espaçadas ou bem juntas. A quantidade de linhas dá a sensação de mais velocidade.
Figura 03: Faça à lápis as linhas guias para determinar o tamanho de suas linhas.
Figura 04: Usando a régua faça as linhas respeitando a sua guia. 
Quando for fazer as linhas retas, mas transversais no quadrinho use os esquadros como mostrado no começo do tutorial para que elas fiquem perfeitas.^^

Observe a figura abaixo:

Figura 01 e 02: Faça o ponto de fuga e trace a guia para as linhas.
Figura 03: Faça as linhas no sentindo anti-horário para não borrar tudo. 
Figura 04: Faça as linhas em todo o quadrinho.
Figura 05: Veja como devem ser as linhas. Para tapar os buracos use o pincel com tinta preta. 
Figura 06: As linhas não podem ficar separadas.

Agora veja um exemplo de como usar a técnica das linhas em outras coisas:

Figura 01: Faça as linhas, pinte ao redor de preto.
Figura 02: Com o errorex ou tinta acrílica branca faça os raios e os pontinhos brancos. 
O efeito é ótimo, não é mesmo?
Figura 03: Para fazer o balão comece traçando a guia a partir do ponto de fuga. Faça três círculos.
Figura 04: Faças as linhas no sentido anti-horário.
Figura 05: Observe que as linhas ficam dentro do segundo círculo.
Figura 06: Espere secar e faça as linhas no sentido horário respeitando o círculo como na figura.
Muito fácil, não é mesmo? 

Experimente fazer o balão a seguir:


Figura 01: Veja como as linhas podem formar esse charmoso balão.
Figura 02: Trace o ponto de fuga e desenhe sua guia.
Figura 03: Faça as linhas no meio.
Figura 04: As linhas devem ter esse efeito. 

Veja a figura abaixo:
Figura 01: Usando a régua francesa vc pode fazer as linhas de ação curvadas.
Figura 02: Observe que também segue o ponto de fuga central.
Figura 03 e 04: Para facilitar vc pode colocar uma taxinha no centro colada com durex.
Figura 05-06-07-08 : Outros tipos de linhas de ação curvadas que podem ser feitas com a régua francesa.

Por fim, uma amostra de página dupla feita por mim no mangá Vitral publicado em 2010. Fiz as linhas de ação usando as técnicas que passei aí em cima. Usei a canetinha descartável porque na época não tinha a pena G ainda. ^^


Espero que tenham entendido o tutorial e pratiquem. As linhas de ação bem feitas são um detalhe que pode fazer a diferença no seu mangá. Os detalhes de técnica são o que diferem um profissional de um amador. Para facilitar vc pode usar as linhas prontas e colocar com a ajuda do PC, mas é importante saber fazer a mão também. Pois técnica apurada nunca é demais. Com treino dá pra fazer linhas bem mais complexas. 

Ganbare!!

Observação: As linhas de ação são usadas em todos gêneros de mangá. Além de movimento, elas indicam emoções fortes. Bom, quem faz torto tem coração torto.XD





11 comentários:

Iuri Kroth disse...

fui eu quem disse... xD

tutorial bacana

Iuri Kroth disse...

só uma coisa... seria melhor ter feito tuas propriaas imagens

... e pra quem nao tem curva francesa (como eu) como faz?
nao consigo achar uma curva francesa decente...

detesto a palavra perfeito

shirubana disse...

KKK foi tu? Nem lembrava.^^

Ah! Eu queria ter feito essas pro tuto, mas não tenho tempo. Bom, fiz muuuitas no meu mangá, vc pode conferir! Prefiro as prontas, mas nem todas encaixam nas cenas, aí entra a mãozona mesmo e a técnica. rsrs

As linhas desse tuto foram feitas por pessoas do Japão e ficam perfeitas! Então, é o que busco, chegar na perfeição deles. Se eles podem...

Sem a régua francesa é impossível fazer à mão as linhas curvas. Vc vai ter que usar as prontas, mas as réguas francesas podem ser compradas aqui no Brasil em sites e lojas especializadas em produtos artísticos. Eu pedi pra um amigo me trazer do Japão, pois elas são um tanto diferentes das que vendem aqui.

Material pra mangá é dificílimo de achar aqui. Em breve na minha loja vamos ter as folhas pra mangá, retículas, penas e tintas do Japão. Vou ver se consigo trazer réguas e gabaritos.

Ah! Eu penso realmente diferente de vc, eu admiro e quero chegar na "perfeição" dos mangakás japoneses que eu gosto. Afinal, a perfeição só Deus consegue.^^ O máximo que posso chegar é no nível dos japoneses. rsrs Isso com muuuuito treino e disposição pra aprender as técnicas.^^

soni disse...

"detesto a palavra perfeito"
Eu tbém odeio essa palavra quando o meu pedreiro faz a parede torta e diz que tá perfeito! KKK Ainda quer receber!! É foda! E o técnico do meu PC então! Pra ele a máquina ficou perfeita...lógico, ele não vai usar...

Mas acho que a palavra perfeição assusta os brasileiros mesmo.^^

Vamos usar a palavra bem feito então. Se for fazer faça pelo menos bem feito.^^



Takamura disse...

Eu adorei o tutorial e nunca tinha lido nada sobre linhas de ação, achei fantástico, e foi maravilhoso para mim ter uma melhor noção. Thanks.
Takamura do blog: Tatsu Estúdio

Matsa disse...

Muito bom, realmente é muito difícil de fazer algo bem feito! Concordo com o garoto que falou que não gosta da palavra perfeito, porque sei lá, pode ficar muito bom, muito mesmo, mas nunca nada fica perfeito, você pode observar que sempre há alguns erros quase impeceptiveis, mas tem em qualquer coisa. E isso faz com que tudo deixe de ser perfeito. Mas eu falo a palavra perfeito, quando é muito bom...

rafasgames disse...

Não sabia onde falar isto, mas eu precisava compartilhar, SOU SER MAIOR FÃ!

shirubana disse...

Que bom que gostou Takamura, quando eu tiver um tempinho farei o tuto de cenário.^^

Matsa, eu entendo que perfeito só Deus pode fazer, mas sempre há uma medida para a gente ter como base para a perfeição. Meus ídolos mangakás japoneses me servem de medida, eles aplicam as técnicas e com o tempo vão ficando melhores e eu espero um dia ficar no nível deles, isso seria o perfeito pra mim.^^ Só não podemos fazer de qualquer jeito pra disfarçar nossa falta de conhecimento. Podemos sim não querer usar o método, mas o resultado conta no final. Se saiu bom, legal. O problema é que quem conhece a técnica vai apontar a falha. Mas o jeito de fazer foi feito pra facilitar o nosso trabalho.^^ E fazendo bem feito não significa que vão dar valor, afinal é mais fácil apontar os erros do que dar valor pra linhas de ação bem feitas. Ninguém elogia as linhas de ação do Kurumada por exemplo.rsrs Mesmo se foram feitas pelos assistentes dele, tem valor, mas é mais fácil falar que o traço dele deixa a desejar. É só um exemplo.^^ Eu sempre admirei as retículas nas armaduras dos cavaleiros, imagino o trabalho que deu pros caras colocarem aquilo, na época era manual ainda. Mas ninguém elogia isso também por falta de saber o quanto é complicado colocar retículas. os cenários também são bons.^^

Obrigada, Rafas! Beijossss^^

Matsa disse...

Era isso que tava falando só não consegui me expressar! Quis dizer que tem como sair bom visualmente, mas nem sempre vai ser perfeito porque não tem como, mas sair bom tem. Mas eu também chamo de perfeito porque quando se está bonito visualmente. Ainda não consegui me expressar, mas é a mesma coisa que você disse aí em cima que quis dizer!^^ Ah! Também acho. Eu admiro muito trabalho das mangakás antigas, principalmente da YumikoIgarashi na obra Candy Candy e Lady Georgie, eu olho e vejo e fico imaginando o tanto de trabalho que deu, ela aplicava retículas raramente(principalmente em Candy Candy)e ficava tudo muito bonito, fazia as bolinhas da roupa a mão etc. além dos fundos que sempre eram muito bonitos e que tinham bastante(pelo menos na minha opinião)...

Iuri Kroth disse...

klkkkkkkkkk essa do pedreiro foi engraçada XD

Wellington Donizete. disse...

obrigado pelo tutorial.