quarta-feira, 1 de maio de 2019

Continuando o anime de Vitral!


 
Oi gente! Este pequeno vídeo é apenas para mostrar que eu e a Soni retomamos a animação de Vitral. Estamos muito empolgadas para continuar e finalmente trazer pra vocês um anime BL feito aqui no Brasil. Estamos chegando no nível que queríamos para esse projeto, afinal queremos fazer algo bem feitinho. Um anime que todos gostem e para evoluir o mangá nacional. Por falar em mangá, os mangás novos estão prestes a serem colocados à venda, por isso, não deixem de visitar o site e a loja, e também nosso twitter e instagrams
Estamos pensando em fazer um novo canal do Futago apenas para divulgar o anime, não sei se dará certo. Nosso canal atual é bem diversificado, falamos de tudo, mas acho que seria legal ter outro com o projeto do anime. Mas fique a vontade para assinar o canal atual e nos dar apoio por lá. 
Bom, por enquanto é só. Beijos a todos.^^


quarta-feira, 13 de fevereiro de 2019

Meu Japão inventado e muita cafeína!

Olá tomos! Hoje estou fazendo ilustrações novas! Eu até experimentei pintar o cabelo de Tsumi de vermelho terra, acho que ficou bom. Ele ficou com um ar de mais forte, não sei rsrs


 Esses dias eu estou tentando me desintoxicar da cafeína, estou tomando o café descafeinado porque fiquei com um chiado no ouvido e o café pode ser o causador. Lá fui eu tentar diminuir o consumo de café. No primeiro dia foi beleza, fiquei com dor de cabeça, mas passou com um analgésico. Mas no segundo dia foi terrível rsrs Não sabia que estava tão viciada a ponto de ficar muito mal mesmo. Tive dor no olho, parecia até que estava com dengue. A cabeça parecia pandeiro rsrs Fiquei zumbi o dia todo e a Soni me disse pra tomar um pouco de café só pro corpo ir acostumando com a diminuição da cafeína, mas não adiantou nada. Hoje eu acordei melhor, minha cabeça ainda está dolorida, mas de boa, a sensação zumbi passou. O zunido no ouvido deu uma boa diminuída, mas mesmo assim vou ao otorrinolaringologista para averiguar depois. No mais, a vida tá boa. Estou desenhando e planejando os lançamentos.


 

 Essa semana me enviaram uma tese para o programa de Pós-graduação em comunicação e práticas de consumo feito por Fernanda Muto Kushima. Chama-se " Um Japão inventado para o consumo de BL". O mais interessante é que foi todo feito analisando a série Vitral. Ainda não li tudo porque tem mais de 100 páginas. Mas eu nunca imaginei que meu mangá um dia seria base para um estudo de pós-graduação. Achei legal e vou ler pra depois comentar. Está muito bem escrito. Vou deixar o link aqui pra quem quiser ler. Já foi feito várias teses de faculdade com os mangás do Futago, mas essa é a primeira com o Vitral em toda base. Espero que a tese tenha sido bem sucedida.^^ Quando eu fiz o mangá eu não tinha nenhuma pretensão de fazer parte de estudos, quando meu mangá foi pra Bienal eu já tinha ficado super feliz e quando foi pras bancas também, mas uma tese me deixou feliz também. Era algo que não tinha passado pela minha cabeça realmente. Pela rápida olhada que dei, vi que a Fernanda trabalhou com a ideia do país inventado da minha obra, que mistura culturas do Japão e Brasil como uma forma de me comunicar melhor com os leitores daqui. De fato eu quis juntar as culturas. Na verdade, eu queira que fosse Japão mesmo, mas havia umas coisas que iam atrapalhar minha trama se fosse Japão como o fato de que em Mekata o homossexualismo é crime. No Japão já foi crime, mas isso é passado. No Vitral era preciso que isso fosse crime ainda e trabalhando com algo inventado eu pude criar coisas livremente. Não fiz o mangá realmente pensando em pegar o público com a mistura de culturas. Foi um escolha meio egoísta pra facilitar minha vida e seguir livremente com a trama. Eu também fiz isso porque o lado pop do Japão já tenta se mesclar ao mundo desde sempre. Me inspirei nos próprios japoneses enfim. Claro, que preciso ler tudo pra saber se é isso mesmo que diz a tese. Mas fiquei feliz. Ah! Ela dedicou seu estudo a todos os fundashis e fujoshis. Achei fofo isso. Quem quiser ler baixe AQUI.

Bom, é isso. Vou voltar ao desenho!

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2019

Futago Estúdio virando microondas!


Olá tomodachis! Estes dias o calor está muito forte, mas mesmo assim estou desenhando muito. O Estúdio Futago está um forninho e nós estamos desenhando e derretendo. Isso me fez lembrar de uma vez que fomos a um evento de anime e o calor foi tão forte que apelidamos nossa estande de microondas. rsrs

Acontecimento do dia;

Hoje meu cachorro não acordou bem, e vomitou o quarto todo. Agora ele parece estar melhor e espero que melhore logo sem que eu tenha que levá-lo ao veterinário. Estou sem grana para isso infelizmente, mas se for necessário não terei outra escolha a não ser gastar o que não tenho. Mas acho que o Stefan comeu demais e acabou com asia, eu vi que ele vomitou muita comida. Alguém andou alimentando demais o bicho e acho que foi a minha irmã mais velha. Coitado do Stefan, ele não tem noção de quanto tem que comer e só vai comendo o que derem pra ele. Tenho que combinar com a irmã de não alimentá-lo fora da hora dele comer. Tirando isso o resto da semana foi boa. Ah! A Soni teve uma alergia no olho e ficou com o olho roxo parecendo que apanhou de alguém rsrs Não fui eu!

Andamento das coisas;

Mas voltando ao desenho, o Vitral 9 será lançado em março finalmente, não conseguimos lançar ano passado. Mas esse ano vai! E vamos comemorar 10 anos de Futago! Vou fazer umas ilustrações novas de comemoração para o site e novos brindes para os mangás. Vamos em vários eventos esse ano também! Em março estaremos no Expocomics em Taubaté lançando os mangás novos e quem quiser pode adquirir indo lá nos ver! Estaremos esperando todos! Vai ter brindes e tudo mais!

Espero poder lançar muitos mangás ainda esse ano! Agradeço o apoio! Bye Bye!











segunda-feira, 14 de janeiro de 2019

Youtube e Facebook são o ouro dos tolos?

Olá, queridos tomodachis! Estou passando por aqui para avisar que eu saí do facebook e também desfiz o canal Futago no youtube. A página do Futago foi fechada no face e o grupo do Vitral também. No sábado eu e a Soni resolvemos sair dessas plataformas por vários motivos. O principal foi por causa da falta de alcance dessas plataformas.
Desde que perdemos a monetização do nosso canal do Youtube em janeiro de 2018 nós não conseguimos mais recuperá-la e notamos que por mais que fizéssemos propaganda o canal não crescia e diminui drasticamente nossas visualizações.
Nosso plano era colocar o anime no YT e com isso mostrar nosso trabalho para muitas pessoas, mas vimos que não ia rolar, principalmente porque desde que criaram o algoritmo coisas Boys Love e yaoi acabavam ficando numa bolha e jamais monetizam bem por ser algo que julgam sexualmente insinuante mesmo que não tenha cena hard.
Claro que muitos fatores podem fazem um canal não ir pra frente e até mesmo a dificuldade que as pessoas têm de acessar os vídeos pelo celular pode ter influenciado, afinal, estamos num país onde a internet no celular é caríssima.
Tínhamos o apoio de muita gente e peço desculpa por ter fechado o canal. Gomen!
Bom, já no caso do face duas coisas aconteceram, uma delas foi a falta de alcance da plataforma. Desde que entramos, nosso alcance foi diminuindo e nossa página não alcançava mais leitores e os que lá estavam não viam as atualizações. Com isso resolvemos que aquilo não iria pra frente. O face diminuiu o alcance para que as pessoas pagassem o engajamento, mas mesmo pagando o alcance era ridículo e muito menor do que era antes.
Outra coisa que nos fez sair foi que o face se tornou um lugar desagradável. Descobrimos que os algoritmos não estavam lá pra nos ajudar e sim deixar todos loucos. Os posts polêmicos tem muito destaque, e quando vc comenta e compartilha esses posts o algoritmo te dá mais do mesmo assunto. Todos os posts que vc se manifesta rapidamente e repercute tem um super alcance e o face vive disso, vive de polêmicas e memes. E o usuário cai nessa e acaba virando um ser irritado por ser metralhado com assuntos revoltosos e fake news. Durante as eleições aquilo ficou insuportável e ainda está.
No face tudo ganha um poder de ficar horrível, até coisas boas são levadas a mal. Lá os veganos são horríveis, as feministas são horríveis, os protetores dos animais são horríveis, as minorias são horríveis, os fãs das coisas que vc gosta são horríveis, os religiosos são horríveis, os ateus, e por aí vai. As pessoas ficam deprimidas com tanta coisa negativa.
Notei que a maioria dos meus amigos postavam que estavam mal quase todos os dias, na segunda todos queriam se matar. Não adiantava tentar levantar a bola das pessoas, umas até achavam que estávamos sendo falsos e mandava nossa positividade pra aquele lugar. Mas logicamente o humor das pessoas era totalmente influenciado pelo negativismo da plataforma. Era mais fácil ler um post amargo de um amigo do que ver seus desenhos e conquistas.
Passei um ano observando e vi que nada ia pra frente e as pessoas até repetiam opiniões, no verão reclamam do calor, no carnaval diziam que odiavam aquilo, no inverno era guerra de quem amava o frio contra quem odiava... no fim do ano brotava os protestos contra os fogos. Chega uma hora que a gente começa a pirar.
A gente até já sabe quem vai reclamar dessas coisas... e tem os amargos contra tudo. Mas isso não é culpa das pessoas como disse, é coisa dessa empresa que só nos aluga pra ganhar dinheiro e não nos dá nada em troca. Eles devem se divertir vendo a guerra que é de opiniões e pior, usam nossa opinião contra nós e até mesmo para mudar eleições.
Conheço pessoas que na vida real são amáveis, tímidos e mal falam com colegas da faculdade, mas no face são monstros mal educados, xingadores e ideologistas idiotas. E outros que na vida real são pessoas horrorosas e preconceituosas que no face são pessoas lindas, amáveis e cheias do Espírito Santo. amém. Elas amam crianças, mas odeiam seus filhos...
O face nos torna tolos, tira nosso livre-arbítrio e nos faz odiadores que acham que estão lutando por uma causa, só que não. Os críticos falam mal dos críticos e rebatem críticas se achando melhores, mas esquecem de criticar o filme em si. Até mentem que foram ao cinema, mas baixou o filme de alguém que filmou a tela.
E também tem os falsos desenhistas, pessoas que dão o truque enganando os outros que é bom em sua arte, mas é truque de photoshop e SAI. A vaidade rola solta lá. Pseudo faminha forçada tem muita lá porque as pessoas não conseguem ser humildes e falar a verdade. Lá todo mundo arrasa de vender bem nos eventos, dizem que são convidados, mas estão pagando, essas coisas bobas rolam muito. Ilustradores que soltam maravilhosas ilustrações de dois em dois minutos rsrs Isso acontece no YT também, muitos desenhistas dando o truque. Compram visitas e likes, fazem vídeos speed dando o truque com desenho pronto em baixo.
Mas isso é por causa das redes sociais, as pessoas preferem mentir pra elas mesmas pra ter alcance, likes e comentes. Surgem também a cultura do panelismo. Pessoas destalentadas que se juntam pra fazer sucesso, só que não... Surgem os odiadores de elogio, eles odeiam a palavra dom mesmo nem acreditando em Deus porque sabem que Deus, mesmo que não exista, jamais daria algo pra eles rsrs Repudiam a palavra talento e por aí vai, dando a desculpa de que tudo é trabalho duro, esforço, que não é assim. Mas é truque pra disfarçar seus defeitos. O elogio no face é perigoso. Bom, piadas à parte, eu cansei de lá e do comportamento de muitos lá.
Logicamente não saí de lá antes por causa das pessoas que gosto, que conheço pessoalmente. Dos artistas verdadeiros. Mas de uns tempos pra cá isso não andou compensando, não fazia mais frente aos posts revoltosos e de depressão. Na época das eleições o Inktober e o Skechtember passaram batidos, era inútil postar um desenho ou fazer algum lançamento. As pessoas estavam embebidas na loucura de opiniões políticas horrorosas e defesas inúteis de causas. Foi uma experiência muito desgastante, isso porque eu ainda ficava sem logar por dias. Tentei ficar na minha, mas isso também não ajuda, o negativismo te atinge de qualquer forma. Ninguém mais quer saber de coisas boas porque até coisas boas são distorcidas lá.
Acredito que o YT e FB são uma ilusão, é o ouro dos tolos. Somos atraídos pra lá pensando estarmos conectados com o mundo e achando que vamos crescer e até fazer grana, mas é tudo propaganda e chateação, só isso. É uma grande manipulação de algoritmos pra vender as pessoas, nós somos o produto deles. Quanto mais deprimidos e estressados, melhor pro mercado de remédios, quanto mais vaidosos melhor pro mercado de likes.
Resolvi seguir o conselho de uns amigos, se não está contente [ duvido que as pessoas estejam também] saio eu. ^^
Ah! Depois visite nosso site pra saber o que está rolando no Futago! Não vamos parar mesmo sem essas redes! Beijos e até o lançamento dos mangás!



sábado, 16 de junho de 2018

Ué! Cadê a minha felicidade de desenhar?

Hoje eu estou aqui no meu quarto nesse dia frio desenhando mais um volume do mangá Boys Love Vitral. Como é bom desenhar! Enquanto eu desenho eu saio do mundo real e vou fundo no universo da minha história. Até esqueço de comer e esqueço dos problemas. Todo mundo que desenha conhece essa sensação maravilhosa. Essa paixão que nos inspira todo dia e que nos dá ânimo pra melhorar. A cada quadrinho, cada ilustração a gente procura uma técnica nova pra se desafiar e superar nossos limites, ampliar os horizontes! Fazer o mangá e depois lançar e muita gente ler feliz! Como é bom! Porém, há uns dias atrás eu estava completamente fora desse clima! Ué? Cadê a minha felicidade de desenhar? Pra onde foi minha empolgação, a minha vontade de criar? Por que eu não consigo colocar a cabeça no travesseiro sem me sentir um cocô? Tô doente?
Af! Foi muito ruim passar por isso. Mas felizmente o espírito da paixão artística voltou logo! Fiquei pensando nas pessoas que chegam a nunca se recuperarem e acabam desistindo de desenhar até mesmo por hobby. Tenho muitos colegas assim, que já não desenham faz mais de dez anos. Uns desistiram por causa de críticas, outros por causa de parentes cobrando uma vida normal, e alguns pela falta de sucesso glorioso. Quase que eu caio nessa também! Não sei explicar o que aconteceu, mas eu tive que voltar ao passado e resgatar algumas coisas que eu fazia antes e que me deixavam realmente feliz e inspirada. Sim, eu deixei de fazer muita coisa que parecia perda de tempo, mas não eram realmente, eram coisas divertidas. Acho que estava sendo profissional demais rsrs Sei lá, só sei que ao voltar a fazer coisas que me deixavam relaxada  e feliz eu resgatei o ânimo. É incrível como a gente vai indo sendo exigente demais conosco mesmos e acabamos minando nossas forças. Outro dia a Soni disse que tinha passado um tempo tentando mostrar que era normal e isso a deixou pra baixo. As pessoas cobram sempre do artista coisas sem sentido mesmo rsrs Temos mesmo que ser normais? Pra quê, pra ser como as pessoas que nos cobram isso? Tipo, quem são eles? Bom, mas são muitas variáveis que me fizeram ficar no automático. Até fiquei com raiva de mim por ter deixado isso acontecer. Que boba rsrs Mas estou de volta ao meu eu feliz e empolgada.


Bom, é isso. Ah! O site do Vitral está de cara nova www.futagoestudio.com.br/vitral/vitral.html  e tem a versão em japonês e também tem o instagram do Vitral ! Acompanhem!

terça-feira, 27 de fevereiro de 2018

Aulas de roteiro de mangá baseadas num livro Japonês!

Olá, querido leitor! Esses dias nós resolvemos fazer algumas aulas de roteiro e NAME no nosso canal! As aulas são baseadas no livro (本当におもしろいマンガを描くただめのプロットネームの作りかた) que significa Como fazer um plot name de manga realmente interessante ou maravilhoso. O autor desse livro é um grande escritor no Japão que faz roteiros e ele ensina passo a passo como desenvolver um bom mangá. E nós estamos traduzindo e passando o conteúdo dele em nosso canal. Por isso, não percam as aulas, que são rápidas para não serem massantes. Vou colocar o link dos vídeos aqui. Assistam, comentem e assinem o canal porque temos sorteio de mangás para assinantes!

A primeira aula falamos da visão de leitor e a visão de autor e sobre temas das histórias de mangá.


 A segunda aula falamos de como escolher um bom tema para seu mangá e porque temos que ter tema.


 A terceira aula falamos de como podemos criar uma boa história para o nosso mangá e como começar seu mangá!

 

É isso aí, esperamos que gostem! Assinem o canal para continuarem as aulas!

domingo, 10 de dezembro de 2017

Futago Estúdio completa 8 anos! Hora de desistir ou continuar?

Olá, amigos! Hoje o nosso estúdio completa exatos oito anos de vida! É uma data muito importante, pois não esperávamos durar tanto. rsrs Muita coisa aconteceu desde então. Muitos surgiram, tentaram, mas acabaram desistindo uns anos depois. Outros foram perdendo as forças e agora jogam a toalha. Mas nós permanecemos com a mesma vontade de 2009.
Lançamos nossos primeiros mangás em 2010, e continuamos produzindo nos anos seguintes. Fomos em vários eventos, ganhamos alguns prêmios, nossas obras foram para o Brasil todo e até em Bienais e grande livrarias! Coisa que a gente nem imaginava! E fomos aos poucos conquistando os leitores e a crítica, que achava que apenas fazíamos cópias e não passaríamos do primeiro volume, mas que com o tempo fomos mostrando que nosso trabalho é original e autêntico, mesmo mantendo a estética do mangá e seu gênero. 
Também conseguimos fazer com que o gênero Boys Love começasse a ser mais aceito e respeitado, uma vez que muitos achavam que esse tipo de obra não era digna de publicação e muito menos digna de estar numa estante e muito menos que brasileiros poderiam expressar suas ideias através desse gênero. Aos poucos o boys love nacional foi ganhando força e provando que as leitoras e leitores desse gênero não são fangirls que leem qualquer coisa que se diz BL, e sim, leitores exigentes como qualquer outro. ^^ Sempre prezamos aprender mais, melhorar nossa arte e roteiros para dar aos leitores algo melhor. 
Agora, pretendemos ir mais longe, porque não adianta nada ficar fazendo sempre o mesmo sem evoluir. Por isso, vamos produzir animes também! A princípio, sabemos que parece algo impossível ou muito caro e demorado, mas nós somos assim, não temos medo de coisas novas e nem de obstáculos! Porque o Brasil precisa de artistas que tenham coragem para fazer diferente, coragem pra não desistir e pessoas que não fiquem fazendo coisas apenas para ter visita e likes, e sim, de pessoas que queiram engrandecer a arte! Criar diversão para os leitores e fãs sem se preocupar com crises, obstáculos e pessoas que são negativas ou arrogantes. A vida é uma só e ela só vale a pena quando se faz algo para realizar sonhos! E levar sonhos para outras pessoas. 
Nós sabemos que é bem mais fácil desistir, olhar o horizonte e ver que o caminho é longo, tortuoso e cansativo e preferir ficar onde está. É mais fácil culpar os outros, a crise, a crítica, os leitores, as editoras e o mercado e não olhar pra dentro de si, de onde vem a força pra criar uma obra e mostrá-la. 
Alguns podem até menosprezar nossa trajetória, dizer que somos ridículas, ou que nossas obras não têm valor, rir do nosso sofrimento pela arte, mas a gente vai continuar mesmo assim. Mesmo que pareça que nossas vitórias são ínfimas, que tem "duas" lá que vivem de sonhos utópicos. Não vamos parar! Por quê? Porque nossa vontade é maior que a vontade dos outros de nos ver desistindo! Podemos até nem conseguir de fato, sabemos que a vida não é como nos filmes onde os heróis sempre vencem e vencem quando estão no pior momento, mas seguiremos. E tem gente que nos apoiam! Que nos colocam em pé e realmente torcem por nós porque gostam do nosso trabalho. E nós não somos pessoas que nasceram pra ficar olhando os outros conseguirem, nós queremos fazer parte das conquistas também! Com muito sonho, um pé na realidade dura, mas sempre seguindo em frente! 
Que venham mais oito anos! Agradecemos a todos que nos apoiam e esperamos um dia retribuir esse carinho que recebemos! ^^