sábado, 16 de junho de 2018

Ué! Cadê a minha felicidade de desenhar?

Hoje eu estou aqui no meu quarto nesse dia frio desenhando mais um volume do mangá Boys Love Vitral. Como é bom desenhar! Enquanto eu desenho eu saio do mundo real e vou fundo no universo da minha história. Até esqueço de comer e esqueço dos problemas. Todo mundo que desenha conhece essa sensação maravilhosa. Essa paixão que nos inspira todo dia e que nos dá ânimo pra melhorar. A cada quadrinho, cada ilustração a gente procura uma técnica nova pra se desafiar e superar nossos limites, ampliar os horizontes! Fazer o mangá e depois lançar e muita gente ler feliz! Como é bom! Porém, há uns dias atrás eu estava completamente fora desse clima! Ué? Cadê a minha felicidade de desenhar? Pra onde foi minha empolgação, a minha vontade de criar? Por que eu não consigo colocar a cabeça no travesseiro sem me sentir um cocô? Tô doente?
Af! Foi muito ruim passar por isso. Mas felizmente o espírito da paixão artística voltou logo! Fiquei pensando nas pessoas que chegam a nunca se recuperarem e acabam desistindo de desenhar até mesmo por hobby. Tenho muitos colegas assim, que já não desenham faz mais de dez anos. Uns desistiram por causa de críticas, outros por causa de parentes cobrando uma vida normal, e alguns pela falta de sucesso glorioso. Quase que eu caio nessa também! Não sei explicar o que aconteceu, mas eu tive que voltar ao passado e resgatar algumas coisas que eu fazia antes e que me deixavam realmente feliz e inspirada. Sim, eu deixei de fazer muita coisa que parecia perda de tempo, mas não eram realmente, eram coisas divertidas. Acho que estava sendo profissional demais rsrs Sei lá, só sei que ao voltar a fazer coisas que me deixavam relaxada  e feliz eu resgatei o ânimo. É incrível como a gente vai indo sendo exigente demais conosco mesmos e acabamos minando nossas forças. Outro dia a Soni disse que tinha passado um tempo tentando mostrar que era normal e isso a deixou pra baixo. As pessoas cobram sempre do artista coisas sem sentido mesmo rsrs Temos mesmo que ser normais? Pra quê, pra ser como as pessoas que nos cobram isso? Tipo, quem são eles? Bom, mas são muitas variáveis que me fizeram ficar no automático. Até fiquei com raiva de mim por ter deixado isso acontecer. Que boba rsrs Mas estou de volta ao meu eu feliz e empolgada.


Bom, é isso. Ah! O site do Vitral está de cara nova www.futagoestudio.com.br/vitral/vitral.html  e tem a versão em japonês e também tem o instagram do Vitral ! Acompanhem!

6 comentários:

Anônimo disse...

Nunca tentar ser normal dará um bom resultado. Lutaremos contra nós mesmas e sofreremos. Fico feliz q tenha voltado bem de seu questionamento. Bjs na alma. Aqui é Nisa ♡

shirubana disse...

Verdade! A gente acaba se anulando! Mas eu me recuperei.^^

Tereza Costa disse...

Gostei muito, todo mundo já passou por isso e muitas vezes o nosso maior 'inimigo' acaba sendo nós mesmos, por diversos motivos, desde a preocupação com a opinião dos outros até com nossas próprias cobranças pessoais. Que bom que conseguiu sair dessa ^^

Milena Araujo disse...

Por favor continue com seus desenhos maravilhosos ♥ eu amo seus mangás, leio e releio cada um deles sempre que posso.
Assim como você, também amo desenhar. Infelizmente não consigo viver disso, por isso acabo tentando viver uma "vida normal" pelo menos para me manter em questão financeira, mas não é isso que me faz feliz (é uma tortura para pessoas como nós). Sonho com o dia em que poderei viver só com meus desenhos e meus livros, eu não perdi a esperança e mesmo que as vezes me sinto bem pra baixo porque as coisas são difíceis para mim, logo meus sonhos retornam e eu continuo lutando para um dia realizá-los.
Amo seu traço e seu trabalho incrível. Não desista disso, continue fazendo o que você ama ♥

shirubana disse...

Concordo com você, Tereza! Eu sempre me cobro muito mesmo, mas agora eu pretendo voltar a me divertir, sentir que estou "dentro" da história do mangá, vivendo co meus personagens como se fossem reiais. É isso que eu gosto, sair da realidade e produzir boas histórias para todos que curtem BL como eu.^^ Te admiro muito, adoro seu traço e espero que vc também nunca desanime! Grande beijo!

shirubana disse...

Obrigada pelo carinho, Milena! Espero do fundo do meu coração que vc um dia consiga viver de seu desenho e livros! E quando isso acontecer vc continue sonhando ao produzir, que não vire um trabalho e obrigação por causa do estresse da vida, mas que seja uma vida ótima de autora.Com certeza serei sua leitora! Boa sorte e sucesso!